Início Sobre Nós Contactos Ligações flag flag

COORDENAÇÃO: Universidade de Amesterdão (Holanda).

EQUIPA CEABN: Francisco Rego, Liliana Bento e Maria da Conceição Colaço.

OUTRAS INSTITUIÇÕES: 23 instituições de investigação e PME europeias.

URL: http://www.enhanceproject.eu/

O principal objectivo do projecto ENHANCE é desenvolver e analisar novas formas de melhorar a resiliência da sociedade no que diz respeito aos impactos das catástrofes naturais (ondas de calor, incêndios florestais, cheias, secas, tempestades e erupções vulcânicas). Para fazer face a este objectivo, o projecto criará novos cenários e informação resultantes dos 10 casos de estudo em estreita colaboração com todas as partes interessadas (stakeholders), contribuindo para o desenvolvimento de novas multiparcerias sectoriais que possibilitem a redução ou redistribuição do risco. A inovação em multiparcerias é essencial pois por vezes a cooperação entre público, privado e instituições da sociedade civil leva a falhas na gestão do risco.  

Um factor chave para criar parcerias de sucesso é o comum entendimento dos riscos e as implicações de propostas de instrumentos de redução do risco. Para atingir esse fim, o projecto ENHANCE facilita um processo participativo no desenvolvimento de multiparcerias em casos de estudo em diferentes escalas geográfico-espaciais na Europa.

Os principais produtos deste projecto são:

  • Harmonizar a dinâmica de cenários de vulnerabilidade, exposição e perigosidade à escala pan-Europeia, utilizando a informação existente e novas abordagens probabilísticas para perigos múltiplos, ondas de calor, incêndios florestais, inundações, secas, tempestades e erupções vulcânicas;
  •  Desenvolver directivas e factores chave que potenciem a interacção das multiparcerias com vista ao aumento da resiliência e redução do risco através de workshops participativos pré testados em diferentes cenários de risco;
  •  Criar métodos que vinculem e avaliem multiparcerias aos cenários de risco;
  •  Criar um conjunto de ferramentas de instrumentos económicos e medidas não estruturais de mitigação à escala nacional, regional e local, desenvolvidas com metodologias participativas com o objectivo de avaliar o risco e aumentar a resiliência social;
  •  Fornecer recomendações de políticas para os signatários Europeus e HFA (Hyogo Framework for Action) através de uma plataforma de disseminação que potencie a resiliência desde os mais elevados níveis políticos às comunidades locais.

O projecto iniciou-se em Dezembro de 2012 e terá a duração de 4 anos.